Home » Notícias » Dólar opera em queda após feriado de Páscoa, abaixo de

Dólar opera em queda após feriado de Páscoa, abaixo de

Na quinta-feira (24), o dólar avançou 0,12%, a R$ 3,6812 na venda.
Moeda dos EUA acumula baixa de 8,05% no mês.

O dólar opera em baixa nesta segunda-feira (28), após o feriado de Páscoa e na véspera da reunião do PMDB que deve decidir pelo rompimento com o governo, mesmo após o Banco Central informar que não fará nesta sessão leilão de rolagem de swaps cambiais tradicionais, que equivalem à venda futura de dólares, segundo a Reuters.

Às 9h39, a moeda norte-americana caía 0,92%, vendida a R$ 3,647.  Veja a cotação do dólar hoje

Acompanhe a cotação ao longo do dia:
Às 9h09, queda de 0,41%, a R$ 3,6658.

Na quinta-feira (24), o dólar avançou 0,12%, a R$ 3,6812 na venda. A moeda norte-americana acumulou alta de 2,78% na semana passada, mas continua em baixa de 8,05% no mês.

Ação do BC
O Banco Central não anunciou leilão de swap cambial reverso, que equivale a compra futura de dólares, para esta sessão. O BC realizou quatro operações desse tipo na semana passada, após deixar a ferramenta encostada por três anos.

O BC fez na quinta-feira leilão de swaps cambiais reversos, que equivalem à compra futura de dólares, pelo quarto dia consecutivo, após deixar a ferramenta encostada por três anos.

No entanto, o BC não vendeu nenhum contrato dos até 3 mil ofertados, levando o dólar a reduzir a alta sobre o real. O lote foi também menor do que as outras três operações. O avanço do dólar foi limitado também porque alguns operadores realizavam lucros após a forte alta da sessão passada.

O BC também reduziu pela terceira vez neste mês a oferta de swaps cambiais tradicionais –que equivalem a venda futura de dólares– para rolagem dos contratos que vencem em abril.

Muitos operadores acreditam que o enfraquecimento do dólar desagrada ao BC ao prejudicar exportadores no momento de intensa recessão e, assim, poderia afetar as contas externas do país. A autoridade monetária diz que age para mitigar a intensa volatilidade, que vem em meio a forte incerteza política.

 

FONTE:http://g1.globo.com/economia/mercados/noticia/2016/03/cotacao-do-dolar-280316.html

Sobre Portal Trabalhista