Home » Notícias » Dólar opera em queda, perto de R$ 3,55

Dólar opera em queda, perto de R$ 3,55

Na sexta, norte-americana terminou o dia vendida a R$ 3,5965.
Na semana passada, moeda acumulou alta de 0,94%.

O dólar opera em queda nesta segunda-feira (11), no dia em que a comissão especial se reúne para votar parecer sobre impeachment da presidente Dilma Rousseff e em meio ao cenário externo favorável, mas a atuação do Banco Central limitava as perdas.

Às 9h49, a moeda norte-americana operava em queda de 0,88%, a R$ 3,5647. Veja a cotação do dólar hoje

Acompanhe a cotação ao longo do dia:
Às 9h09, queda de 0,79%, a R$ 3,5681.
Às 9h29, queda de 0,62%, a R$ 3,574.

Na sexta-feira, o dólar terminou o dia vendido a R$ 3,5965, em queda de 2,63% – maior recuo em seis meses. Na semana passada, no entanto, a moeda acumulou alta de 0,94%.

De acordo com a Reuters, operadores citaram levantamentos apontando que um número maior de deputados estaria disposto a votar a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff, perspectiva que tem sido associada à queda do dólar. Muitos operadores acreditam que eventual troca no governo poderia favorecer a entrada de capitais no país.

Além disso, repercutiu bem no mercado a decisão do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, de se manifestar no Supremo Tribunal Federal (STF) contrário à posse do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como ministro-chefe da Casa Civil.

Intervenção do BC
O Banco Central fará nesta sessão leilão de até 20 mil swaps cambiais reversos, que equivalem à compra futura de dólares. Além disso, dará prosseguimento à rolagem dos swaps tradicionais que vencem no mês que vem com oferta de até 5,5 mil contratos, que equivalem a venda futura de dólares.

 

 

FONTE:GLOBO.COM

Sobre Portal Trabalhista